clinimed-logo

CLINIMED SAÚDE OCUPACIONAL

Esgotamento Físico e Mental no Trabalho: como prevenir?

Mulher sentada à mesa em seu ambiente de trabalho, em frente ao notebook, tira os óculos com uma expressão cansada. 

Esgotamento Físico e Mental no Trabalho: como prevenir?

Nos dias de hoje, onde a rotina agitada já se tornou comum, o esgotamento físico e mental tem se mostrado cada vez mais presente e, no ambiente de trabalho, isso não é diferente. 

A pressão e o excesso de trabalho podem gerar grandes problemas, tanto para o funcionário quanto para a empresa. 

O cansaço físico e mental pode estar associado, por exemplo, à baixa autoestima, ao isolamento social, à dificuldade de tomar decisões e de se concentrar, à ansiedade, irritabilidade e muitos outros problemas. 

Neste post, você vai entender como podemos prevenir essa situação e evitar os malefícios do esgotamento mental e físico no dia a dia!

Será que é Esgotamento Mental ou apenas cansaço?

Quando falamos em esgotamento mental, muitos podem confundí-lo com o cansaço, mas, na verdade, eles são conceitos bem diferentes. 

O cansaço tradicional que conhecemos é aquele que provém de um dia corrido ou cheio de tarefas, que esgota nossa energia. Contudo, com uma boa noite de sono e o auxílio da alimentação e hidratação adequadas, esse cansaço some ou dura apenas um ou dois dias. 

Em contrapartida, o esgotamento pode durar semanas e até mesmo meses. Ele é provocado pelo excesso de estresse e pressão no trabalho, o que pode levar ao surgimento de dores de cabeça recorrentes, dores no corpo, queda de imunidade, irritabilidade, insônia e muitos outros sinais. 

O esgotamento não pode ser facilmente resolvido com uma boa noite de sono em apenas um dia, sendo necessário tratá-lo com a ajuda de um especialista, de forma mais específica. 

O Esgotamento Mental e a Síndrome de Burnout 

A Síndrome de Burnout é uma doença desencadeada pelo agravamento do esgotamento físico e mental no trabalho. De acordo com a International Stress Management Association e a Organização Mundial da Saúde, estima-se que até 30% da população brasileira possui a doença.

E para diferenciar o burnout do esgotamento é preciso ficar atento aos sinais específicos, como:

  1. Exaustão; 
  2. Sensação de ceticismo, onde não há perspectiva de futuro;
  3. Sensação de improdutividade, apesar de cumprir longos períodos de trabalho.

Estes três sinais, associados aos demais sintomas do esgotamento físico e mental, caracterizam a Síndrome de Burnout, e podem contribuir para o diagnóstico final, que deve ser realizado por um profissional da saúde. 

Quais são as consequências do Esgotamento no trabalho?

No trabalho, a exaustão física e mental traz diversas consequências importantes, que podem ser decisivas para a vida daquele profissional e para o sucesso da empresa. 

Algumas delas incluem:

  • Queda de produtividade;
  • Irritabilidade;
  • Comprometimento das habilidades intelectuais e físicas;
  • Insatisfação com o trabalho; 
  • Comprometimento da comunicação com colegas de trabalho. 

Por que é importante prevenir o Esgotamento Físico e Mental?

Muitas vezes, o esgotamento físico e mental proveniente do trabalho vem das condições do ambiente e da maneira como as atividades são executadas.

De tal modo, uma simples mudança nas configurações da atividade pode contribuir positivamente para a melhora do quadro. 

Para uma empresa, há inúmeros benefícios em prevenir o esgotamento de seus funcionários. 

Confira alguns exemplos:

Diminui o número de afastamentos

O afastamento do trabalho por condições e doenças psicológicas aumentou exponencialmente nos últimos anos, isso é fruto da exaustão e do esgotamento físico e mental provocado pelo trabalho. 

Prevenir essa situação é um meio de diminuir as chances de afastamentos na sua empresa por motivos como estes, mantendo sua equipe íntegra. 

Melhora a convivência dentro da empresa

Medidas de prevenção e cuidado com a saúde mental dos trabalhadores tendem a aproximar a equipe e melhorar a convivência na empresa. Dessa forma, cria-se um ambiente mais agradável e acolhedor.

Aumenta a produtividade

Ao melhorar o ambiente e cuidar da saúde dos seus colaboradores, você também estará promovendo o aumento da produtividade na sua empresa. Esse é um dos fatores mais influenciados pela saúde mental. 

Mantém a conformidade com a Lei 

Os cuidados com a saúde mental também estão previstos nas normas regulamentadoras, que dizem respeito aos direitos dos trabalhadores. 

Por isso, cuidar do bem-estar mental da equipe também é uma maneira de mostrar que sua empresa cumpre as leis trabalhistas.  Além disso, o cumprimento dessas normas ainda evita punições e multas para as organizações.

Como prevenir o Esgotamento Físico e Mental no trabalho?

As medidas de prevenção, atualmente, são diversas. Elas incluem até mesmo o uso de redes sociais para divulgar e realizar projetos, a fim de prevenir e conscientizar a população sobre as doenças provenientes do trabalho. 

Porém, existem algumas estratégias ainda mais interessantes e efetivas que os trabalhadores e as empresas podem adotar para evitar os esgotamentos físico e mental. 

Acompanhe:

Incentivar a prática de atividades físicas

Um dos benefícios da atividade física é, justamente, o bem-estar mental. Os hormônios produzidos pelo exercício promovem a sensação de alívio e satisfação, reduzindo o estresse e o nervosismo, além de garantir uma boa noite de sono. 

As empresas podem começar o incentivo através da adoção da ginástica laboral ou então oferecendo benefícios e condições especiais para funcionários em parceria com academias e centros esportivos. 

Oferecer apoio e acompanhamento médico

É fundamental oferecer ajuda aos seus funcionários sempre que necessário. Certifique-se de que esse apoio também seja de fácil acesso, para que o colaborador possa usá-lo sem grandes obstáculos.

Quando trata-se de uma condição psicológica, o atendimento deve ser imediato.

Promover momentos de descontração 

Se a atividade na sua empresa é intensa, é interessante que você ofereça momentos de descontração ou intervalos para descanso. Dessa maneira, o trabalho pode ficar mais leve e menos cansativo. 

Adotar políticas de prevenção e conscientização 

Você pode utilizar canais de fácil acesso ou até mesmo reuniões para conscientizar os seus funcionários sobre a importância dos cuidados com a saúde mental, além de divulgar a adoção de medidas preventivas na empresa. 

É essencial que este diálogo seja feito na organização para que as políticas e medidas de prevenção sejam efetivas e possam impactar positivamente na vida dos seus colaboradores. 

Manter as avaliações médicas em dia

Por último, o segredo para estar sempre de olho na saúde mental dos seus funcionários é, sem dúvidas, manter os exames ocupacionais e avaliações médicas trabalhistas em dia. 

Essas consultas realizadas por profissionais da medicina do trabalho atestam a condição de saúde física e mental do colaborador e te dirão se há a necessidade de mudanças organizacionais ou não, de modo a preservar a saúde do profissional. 

Para manter esses documentos em dia, você pode contar com um parceiro em medicina do trabalho, que te guiará durante todo o processo de avaliação. 

E se você busca o melhor parceiro em saúde ocupacional para a sua empresa, conheça os serviços da Clinimed!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Post Relacionados

× Como posso te ajudar?