clinimed-logo

CLINIMED SAÚDE OCUPACIONAL

Qual a importância de cuidar da Saúde Mental no ambiente de trabalho?

Duas mulheres conversam, uma sentada de frente para a outra em cadeiras estofadas. A mulher à esquerda conforta a outra.

Qual a importância de cuidar da Saúde Mental no ambiente de trabalho?

Nos últimos anos, a preocupação em cuidar da saúde mental cresceu, exponencialmente, junto com o aumento do número de pessoas com distúrbios e doenças psicológicas.

Em grande parte, esses problemas surgem devido à rotina estressante e corrida do mundo moderno. 

A vida nunca esteve tão agitada e inquieta como na atualidade e, com isso, surge também a necessidade de se atentar ao ambiente no qual passamos a maior parte do nosso dia a dia: o trabalho. 

Nesse sentido, a saúde ocupacional é muito importante para garantir o bem-estar e a integridade dos profissionais, não se tratando apenas de saúde física mas, também, mental. 

A seguir, você confere detalhes sobre o assunto!

Qual o conceito de Saúde Mental?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a saúde mental é muito mais do que apenas a ausência de doenças e transtornos mentais. 

Ela engloba a capacidade de um indivíduo, usando suas próprias habilidades, garantir seu equilíbrio emocional frente a situações de estresse, risco e outros sentimentos que podem causar abalo à saúde da mente.

No ambiente de trabalho, quando falamos em saúde mental, significa todos os elementos ocupacionais que podem afetar, de qualquer maneira, o bem-estar emocional do colaborador.

Logo, tratar sobre a saúde ocupacional é tão importante quanto a saúde física. Não à toa, existem normas fiscalizadoras de saúde ocupacional que levam em conta o impacto psicológico causado pelo ambiente laboral.

Mas, afinal, o que pode desencadear um problema de saúde mental?

O que pode causar problemas de Saúde Mental no trabalho?

Desequilíbrios de saúde mental podem surgir por diversos motivos e é um assunto muito particular e reservado a cada paciente. 

No entanto, existem alguns fatores que, de acordo com pesquisas, vêm desencadeando cada vez mais problemas para os trabalhadores.

Veja:

Jornadas de trabalho longas e exaustivas

A duração das jornadas de trabalho é definida pela lei, de acordo com o tipo de atividade exercida e seus riscos. Porém, a carga emocional a qual o trabalhador é exposto em determinadas rotinas parece ser pouco considerada.

Agentes de saúde, por exemplo, passam por plantões de 12 horas que são, além de estressantes e cansativos, de imensa carga emocional e isso ainda é pouco falado.

Ambiente de trabalho inadequado

Trabalhar em um ambiente inapropriado não é agradável para ninguém! Não ter suporte à atividade ou segurança no trabalho causa uma atmosfera de estresse e medo, expondo o funcionário a todos esses fatores durante o expediente. 

Um ambiente propício para a tarefa desempenhada é essencial para manter os trabalhadores confortáveis, seguros e confiantes. 

Pressão psicológica sobre obtenção de resultados

Falar sobre metas dentro de uma empresa e incentivar um maior rendimento é algo bem diferente de causar pressão psicológica, mas o que separa os dois conceitos é uma linha tênue. 

Algumas pessoas podem não lidar tão bem com a pressão como outras e, por isso, é fundamental que a empresa saiba se comunicar da melhor maneira possível, sem pressionar psicologicamente o profissional.

Insegurança 

O medo da demissão também é um dos maiores causadores de problemas psicológicos no País. 

Uma empresa que vive deliberando ameaças de demissão somente deixará seus funcionários ainda mais inseguros e assustados, além de prejudicar a produtividade da equipe.

Qual o impacto dos Transtornos Mentais para a Empresa?

Alguns dos principais impactos que as doenças mentais, atreladas ao ambiente de trabalho, geram para a empresa são:

  • Diminuição de desempenho individual e coletivo; 
  • Faltas recorrentes; 
  • Afastamentos;
  • Insegurança; 
  • Abandono de trabalho. 

Uma empresa que não preza pela saúde mental de seus colaboradores terá que lidar com todos esses e muitos outros problemas.

Qual a importância de cuidar da Saúde Mental Ocupacional?

Os problemas psicológicos ainda são, infelizmente, um grande tabu na sociedade, mas devemos trabalhar para quebrá-lo. 

Cuidar da saúde mental dentro do ambiente de trabalho traz diversas vantagens, tanto para o funcionário quanto para a empresa.

Alguns desses benefícios são:

  • Melhor desempenho;
  • Aumento da satisfação pessoal por parte do colaborador;
  • Diminuição de afastamentos por doenças mentais; 
  • Diminuição do número de demissões e abstenção.

Como promover a Saúde Mental no ambiente de trabalho?

Agora que você já sabe o quão importante é cuidar da saúde mental no trabalho, é hora de conferir algumas dicas para promover o bom convívio e o bem-estar dentro da sua empresa. 

Acompanhe:

1. Mostre a importância de boas noites de sono

É preciso dormir bem para ter um bom desempenho no dia seguinte, portanto, incentive sua equipe a ter boas noites de sono, enfatizando a sua importância para a saúde física e mental. 

2. Incentive a prática de exercícios físicos

Impulsione seus colaboradores para que pratique atividades físicas, você pode dedicar uns minutinhos do horário útil de trabalho para implantar uma ginástica laboral, por exemplo. 

A atividade física traz vários benefícios para a saúde mental, incluindo a liberação de hormônios responsáveis por sensações de satisfação e prazer. 

3. Ofereça suporte à saúde emocional

Mostre que sempre é importante buscar ajuda e ofereça suporte emocional para os seus colaboradores, como eventos, encontros ou a disponibilidade de um profissional especializado na organização para atender e ajudar os funcionários. 

Cuidar da saúde mental é muito importante e isso nunca deve ser negligenciado. 

4. Dê incentivos profissionais

Bonificações por bons resultados, feedbacks constantes e abertura de novas oportunidades são incentivos profissionais que uma empresa pode oferecer aos colaboradores, a fim de deixá-los mais satisfeitos.

5. Invista na saúde ocupacional da sua equipe

Não se esqueça que a saúde ocupacional não cuida apenas da parte física dos colaboradores, mas também do aspecto psicológico e mental. Sendo assim, dentro da sua empresa, invista nesse tipo de cuidado!

Esteja em dia com os regulamentos e com as normas, realizando exames periódicos em seus funcionários para atestar as suas condições de saúde e bem-estar. 

Dar a devida atenção à saúde ocupacional demonstra que sua empresa oferece um bom ambiente de trabalho, saudável psicologicamente, e que você se preocupa com a questão, que é cada vez mais relevante. 

Portanto, se você quer ter um bom controle da saúde ocupacional na sua instituição, conte com os serviços da Clinimed, especialista no assunto!

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Post Relacionados

× Como posso te ajudar?