clinimed-logo

CLINIMED SAÚDE OCUPACIONAL

Como administrar a segurança em máquinas e equipamentos?

Os equipamentos de proteção são uma forma de administrar a segurança em máquinas e equipamentos. Homem trabalha usando óculos e capacete.

Como administrar a segurança em máquinas e equipamentos?

Fique por dentro das melhores estratégias para administrar a segurança em máquinas e equipamentos da sua empresa.

A análise preliminar de risco, assim como um plano de ação para prevenção e manutenção são as melhores estratégias para alcançar a segurança em máquinas e equipamentos.

Estas atitudes são fundamentais para manter a integridade física dos trabalhadores e uma boa reputação no mercado.

Afinal, o uso de máquinas e equipamentos é rotina na maior parte das empresas, razão pela qual exercem um grande impacto na autonomia e na proteção das pessoas.

Nesse sentido, a cultura de segurança no trabalho deve ser uma prioridade, assim como as medidas de controle e manutenção.

Neste artigo você vai entender um pouco mais sobre a norma regulamentadora que trata sobre prevenção de acidentes no trabalho executado por máquinas e afins.

Ao final, irá descobrir quais são as principais estratégias para uma administração segura de máquinas e equipamentos.

Papel da NR-12 na prevenção de acidentes de trabalho

A Norma Regulamentadora NR-12 foi construída para assegurar a segurança do trabalho nas atividades que precisam de máquinas e equipamentos.

Sendo assim, ela estabelece quais são as medidas administrativas e de segurança obrigatórias, além de esclarecer as regras para manutenção dos maquinários.

De maneira geral, a principal intenção da NR-12 é atuar garantindo a saúde e segurança dos trabalhadores.

Isso é feito a partir de melhorias nas condições de trabalho da equipe e mediante a implementação de boas práticas de SST.

Na prática, qualquer empresa só conseguirá garantir a segurança de máquinas e equipamentos ao adotar a NR-12 como referência.

Além de ser uma exigência obrigatória, o cumprimento das regras e obrigatoriedades da norma são uma das melhores formas de descobrir como reduzir acidentes de trabalho na empresa.

Medidas obrigatórias da NR-12 

De acordo com as diretrizes da Norma Regulamentadora NR-12, as empresas devem sempre  cumprir diariamente todas essas medidas de segurança em máquinas e equipamentos:

Promoção de boas práticas de segurança

Palestras, cursos, workshops e qualquer tipo de atividade educativa sobre segurança no trabalho e redução de acidentes precisam fazer parte da rotina da equipe.

Adesão às regras da ABNT

A empresa deve participar ativamente das comissões técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Melhoria nas condições de trabalho 

É essencial que a empresa proponha melhorias constantes nas condições de trabalho, com foco em garantir a saúde física, mental e social de cada membro.

Contar com a certificação de Equipamentos

É obrigatório fornecer equipamentos de proteção individual e coletivos certificados pelos órgãos competentes aos trabalhadores. 

Além disso, eles devem ser mantidos sempre em bom estado de funcionamento e devem ser substituídos sempre que apresentarem danos ou falhas.

Aspectos mais importantes na segurança em equipamentos e máquinas 

Proteção Coletiva 

Máquinas e equipamentos devem contar com sistemas de segurança completos, visando manter a integridade de todas as pessoas que exercem atividades em áreas de risco.

Já o dispositivo de segurança precisa estar ao alcance de todos, para que seja acionado sempre que for necessária uma parada de emergência.

Organização do trabalho 

A organização do trabalho é um aspecto importantíssimo, pois ela é quem define o sucesso ou fracasso na administração de máquinas e equipamentos.

Dessa forma, os funcionários precisam ser treinados frequentemente sobre como usar o sistema de segurança e quais as medidas de proteção diárias.

É importante que ocorra um trabalho efetivo na conscientização e esclarecimento dos riscos de cada atividade, assim como o registro e a assinatura de todos que participaram do treinamento.

Manutenção Preventiva

A manutenção preventiva é alcançada a partir da avaliação das máquinas e equipamentos, evitando as chances de falhas técnicas ou soltura de peças funcionais.

Na maioria dos casos, os gastos com compra de novos equipamentos podem ser reduzidos pela metade apenas com a manutenção.

Proteção Individual

Os equipamentos de proteção individual devem ser usados durante toda a jornada de trabalho, já que a exposição ao risco é uma constante nas atividades executadas com máquinas e equipamentos.

Acessibilidade da planta baixa 

A planta baixa trata-se de uma espécie de mapa onde os trabalhadores podem se localizar e localizar todas as áreas da empresa.

Nesse sentido, ela é indispensável, principalmente em atividades executadas no subsolo, em indústrias e nos locais de difícil acesso.

Programas ocupacionais 

Os programas ocupacionais asseguram não apenas a segurança em máquinas e equipamentos, mas em tudo aquilo que oferece riscos à saúde e integridade da equipe. 

Alguns exemplos de programas ocupacionais obrigatórios são:

  • Programa de Prevenção a Riscos Ambientais (PPRA) 
  • Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO)
  • Mapa de risco 
  • Programa de Gerenciamento de Riscos (PGR)

O que fazer para aumentar a segurança no trabalho em máquinas e equipamentos

A adoção de medidas simples e rápidas é a melhor maneira de garantir a segurança dos trabalhadores que exercem atividades em máquinas e equipamentos.

Então, levando em consideração as regras da NR-12, a empresa pode melhorar ainda mais a sua segurança por meio dessas atitudes:

  • Instalação correta de dispositivos elétricos
  • Planejamento adequado do transporte de materiais e maquinários
  • Adoção de um plano de ergonomia no local de trabalho
  • Manutenção preventiva constante das máquinas
  • Instalação de sistemas de segurança e parada de emergência
  • Aquisição de dispositivos de segurança isolados 
  • Manutenção constante das máquinas que trabalham com componentes pressurizados (fluidos sob alta pressão)
  • Implementação de dispositivos específicos para partida, acionamento e parada das máquinas 
  • Meios de acesso permanente seguros e certificados 
  • Disponibilização de medidas de proteção coletivas
  • Controle administrativo e organizacional do trabalho
  • Soluções para proteção individual direta e indireta 

Como gerenciar a administração da segurança em máquinas e equipamentos na prática

O gerenciamento da segurança de máquinas e equipamentos é feito de forma padronizada, por meio de um passo a passo detalhado de cada função.

Confira a seguir quais são os procedimentos mais indicados para uma administração segura e eficiente:

Inventário de Máquinas 

O inventário de máquinas nada mais é do que o levantamento de todos os equipamentos e maquinários na empresa e tem a intenção de garantir o controle na segurança sobre cada um deles.

Desenho da planta baixa 

Como dito a pouco, a empresa deve desenhar a planta do local de trabalho, indicando com precisão a localização de cada máquina ou equipamento.

Análise Preliminar de Risco (APR)

Esta prática consiste no mapeamento de todos os riscos existentes durante o manuseio e uso das máquinas e equipamentos. Feito isso, é necessário estabelecer todas as soluções para reduzir cada risco em específico.

Plano de Ação

O plano de ação é a descrição completa do projeto de segurança em máquinas e equipamentos, documentando tudo que será feito, visando adequações e melhorias.

Manual de operação

O manual de operação é um documento que ensina como operar as máquinas e equipamentos de forma segura, sendo conhecido também como POP (Procedimento Operacional Padronizado).

Manual de manutenção

Aponta o intervalo ideal para manutenção de um determinado equipamento ou máquina e o que precisa ser feito antes e após cada ciclo de restauração preventiva.

Como você viu, administrar a segurança de máquinas e equipamentos é vital para a segurança dos trabalhadores e na continuação do ciclo produtivo de uma empresa.

Conheça as soluções de segurança do trabalho da Clinimed.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Post Relacionados

× Como posso te ajudar?